Atividades de Turismo Sénior, Satisfação e Bem-Estar na Procmoção da Saúde

Resumo:

O turismo tornou-se um fenómeno mundial e o setor do turismo sénior está em franca expansão. O lugar do turismo e das práticas de lazer, para além do impacto económico incontornável que contêm, carece de ser reintegrado e perspetivado nas suas valências funcionais, psicossociais e culturais. Porém, dado que as preocupações relativas ao bem-estar e à satisfação com a vida se configuram enquanto dominantes efetivas das temáticas de maior atualidade na investigação aplicada, somos confrontados com a necessidade de equacionar o contributo das atividades culturais e das experiências turísticas para a experiência pessoal no processo de envelhecimento. Na presente investigação procura-se: i) conhecer um conjunto restrito de relações entre práticas de lazer dos turistas seniores e as variáveis sociodemográficas e o estado de saúde percebido pelos mesmos, aferindo-se os níveis de importância atribuídos a um conjunto de aspetos motivacionais para visitar os Açores; ii) analisar a relação entre os motivos referidos e a promoção do bem-estar individual; e iii) verificar a relação entre a satisfação com a vida e as variáveis sociodemográficas. A amostra que su

stenta o estudo é composta por 553 turistas que visitaram os Açores, com idades situados entre os 55 e os 94 anos (M=65; DP=7,4). Em termos de procedimentos metodológicos analíticos, foram sobretudo efetuados testes não paramétricos (e.g., teste de independência do qui-quadrado) e a Análise de Correspondências Múltiplas. Constatou-se a existência uma associação estatisticamente significativa entre algumas variáveis sociodemográficas dos turistas seniores, assim como entre a perceção sobre o seu estado de saúde, e: i) algumas das variáveis associadas às atividades de lazer propostas no destino Açores; ii) a sua satisfação com a vida.

Palavras-Chave: Bem-estar; Satisfação com a vida; Envelhecimento ativo, Turismo sénior; Atividades de lazer.

Referência: Medeiros, T., Moniz, A., Santos, C., Tomás, L., Silva, O., Ferreira, J., Vieira, V., & Furtado, S.  (2019). Atividades de Turismo Sénior, Satisfação e Bem-Estar na Promoção da Saúde. In S. N. Saúl (Ed.) Proceedings of Perceção de Saúde, Atividades Preferidas com a vida em Turistas no Destino Açores. In V Congresso Ibero-Americano e LusoBrasileiro de Psicologia da Saúde & I Congresso Promoção da Saúde e do Bem-Estar no Ensino Superior (pp.158-165). CIEO-Research Center Spatial and Organizational Dyamics University of Algarve. https://5826bef9-cc99-4336-ac9d-de68e1271853.filesusr.com/ugd/30a75f_a5ab8d78c3b941229110f5514861dcf1.pdf

Clique em Atividades de Turismo Sénior, Satisfação e Bem-Estar na Promoção da Saúde para aceder diretamente à publicação.

Perceção de Saúde, Atividades Preferidas com a vida em Turistas no Destino Açores

Resumo:

Na contemporaneidade, assiste-se a uma mudança de paradigma nas dinâmicas, hábitos e estilos de vida das pessoas idosas, que investem em benefício próprio, lazer e viagens. Há autores que falam em “Novos Idosos”. Esta mudança permite-nos refletir sobre o envelhecimento ativo ligado a um turismo sénior que promova a saúde, em geral, e o bem-estar psicológico e a satisfação com a vida, em particular, no caso de turistas que visitaram os Açores nos últimos dois anos (n=697; idades: 55-94 anos). Com este estudo pretende-se compreender as atividades desenvolvidas pelos turistas seniores (entenda-se 55+ anos) que promovem o seu bem-estar; analisar a relação entre a perceção do estado de saúde e as atividades preferidas pelos turistas; cotejar a perceção entre o estado de saúde e variáveis sociodemográficas; e verificar a relação entre Satisfação com a Vida (SV) e: i) variáveis sociodemográficas; ii) perceção do estado de saúde. Aplicou-se um Questionário de Turismo Sénior e a Escala de Satisfação com a Vida (versão portuguesa da Satisfaction With Life Scale de Diener et al., 1985, validada por Simões, 1992). Com recurso a testes não paramétricos, foi possível concluir que as atividades ligadas ao mar e a experiências termais variam em função da faixa etária (os mais velhos procuram o contacto com o mar e os mais novos as experiênciastermais); estas atividades variam em função da SV (os menos satisfeitos procuram mais o mar, e os mais satisfeitos as termas); as atividades associadas a festas e diversão, assim como a SV, variam em função das habilitações académicas (até ao ensino básico procuram mais as festas populares, embora tenham uma menor SV, relativamente aos restantes turistas seniores da amostra); a perceção do estado de saúde varia em função da SV (os que percebem a saúde como excelente apresentam níveis superiores de SV).

Palavras-Chave: Perceção de saúde; turistas seniores e bem-estar; satisfação com a vida, atividades preferidas.

Referência: Silva, O., Tomás, L., Vieira, V., Santos, C., Furtado, S., Moniz, A., Ferreira, J., & Medeiros, T. (2019). Perceção de Saúde, Atividades Preferidas com a vida em Turistas no Destino Açores. In S. N. Saúl (Ed.) Proceedings of Perceção de Saúde, Atividades Preferidas com a vida em Turistas no Destino Açores. In V Congresso Ibero-Americano e LusoBrasileiro de Psicologia da Saúde & I Congresso Promoção da Saúde e do Bem-Estar no Ensino Superior, (pp.165-172). CIEO-Research Center Spatial and Organizational Dyamics University of Algarve. https://5826bef9-cc99-4336-ac9d-de68e1271853.filesusr.com/ugd/30a75f_a5ab8d78c3b941229110f5514861dcf1.pdf

Clique em Perceção de Saúde, Atividades Preferidas com a vida em Turistas no Destino Açores para aceder diretamente à publicação.

Portugal eleito pela Forbes o país mais ‘cool’ para visitar este ano, devido aos Açores

21 motivos para Visitar os Açores em 2019

10 Locais imperdíveis numa visita à ilha de São Miguel

Motivações para os turistas seniores visitarem os Açores

Referência:

Silva, O., Medeiros, T., Moniz, A., Tomás, L., Ferreira, J., Vieira, V., Furtado, S., & Santos, C. (2018). Motivações para os turistas seniores visitarem os Açores. In 25th APDR Congress: Abstracts book and program (p. 40). Lisboa: Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Regional.

Está na hora de planear uma viagem: Preocupações dos turistas seniores no planeamento de viagens de lazer aos Açores

Resumo:

Este estudo pretende identificar os principais fatores de preocupação dos turistas seniores quando estão a planear uma viagem de lazer, os quais podem influenciar a tomada de decisão de viajar e a escolha do destino turístico. O estudo particulariza os turistas seniores que visitam os Açores. Foram definidos os seguintes objetivos de investigação: (i) analisar o grau de importância atribuído às preocupações com o planeamento das viagens: (ii) verificar se existe uma associação estatisticamente significativa entre as variáveis sociodemográficas e as preocupações com o planeamento da viagem, (iii) estudar a associação estatística da perceção do rendimento económico e do nível social com as preocupações com o planeamento das viagens; e (iv) determinar se é possível identificar grupos homogéneos de turistas, com base no grau de importância atribuído aos principais fatores de preocupação associados ao planeamento de viagem. Os resultados da análise quantitativa dos dados obtidos, recolhidos através de questionário, permitem concluir que: (i) os turistas seniores atribuem maior importância à oferta alimentar, ao alojamento confortável e ao clima; (ii) existe uma associação estatisticamente significativa entre variáveis sociodemográficas e as preocupações com o planeamento das viagens; (iii) há uma associação estatisticamente significativa entre a perceção do rendimento económico e do nível social e as preocupações com o planeamento das viagens; e (iv) é possível identificar grupos homogéneos de turistas seniores, em função da importância atribuída aos fatores de preocupação com o planeamento da viagem.

Palavras-chave: Turismo sénior; Planeamento da viagem; Preocupações com a viagem; Condicionantes da viagem; Análise de clusters

Referência: Moniz, A. I., Silva, O., Medeiros, T., & Furtado, S. (2018). Está na hora de planear uma viagem: Preocupações dos turistas seniores no planeamento de viagens de lazer aos Açores. In J. A. C. Santos, M. C. Santos, M. B. Correia, & C. Ramos (Eds.), Tourism & Management Studies International Conference: Book of Abstracts (p. 14). Faro: Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo da Universidade do Algarve. ISBN: 978-989-8859-53-2.

Clique em Está na hora de planear uma viagem – preocupações dos turistas seniores no planeamento de viagens de lazer aos Açores para aceder diretamente à publicação.

Destino Açores: Motivações dos turistas seniores

Silva, O., Medeiros, T., Vieira, V. F. F., & Furtado, S. C. O. (2018). Destino Açores: Motivações dos turistas seniores. In J. A. C. Santos, M. C. Santos, M. B. Correia, & C. Ramos (Eds.), In J. A. C. Santos, M. C. Santos, M. B. Correia, & C. Ramos (Eds.), Tourism & Management Studies International Conference: Book of Abstracts (p. 179). Faro: Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo da Universidade do Algarve. ISBN: 978-989-8859-53-2.

Escala de Motivações dos Turistas Seniores

Resumo:

No incremento do fenómeno turístico, os Açores registaram um crescimento mais intenso desde 2014, tendo alcançado aumentos superiores a 20%, nos dois últimos anos. Este aumento muito significativo do turismo na região requer monitorização e uma estratégia holística assente na economia circular com o desenvolvimento de medidas que possam vir a ter reflexo na promoção da qualidade e na configuração da sustentabilidade socio-ambiental do destino Açores. O turismo sénior constitui um segmento em forte expansão a nível mundial, nacional e regional, neste caso os Açores, o que requer um conhecimento pormenorizado dos principais motivos que levam os turistas, nesta fase de sua vida, a procurarem as características desta Região. Desta forma, é importante a adequação dos produtos e serviços que possam ser colocados à disposição do público sénior, permitindo maximizar a eficiência das ações empreendidas e dos investimentos para atender à sua satisfação. Com este trabalho, pretende-se conhecer, de forma pormenorizada, os motivos dos turistas seniores (entenda-se com idade igual ou superior a 55 anos) na procura do destino Açores para otimizar a experiência turística contribuindo para a fidelização dos próprios e fazendo deles polos redifusores juntos das suas comunidades locais, a começar pelo meio familiar de amigos. Neste intuito quisemos operacionalizar um instrumento específico que, em conformidade com a especificidade e sensibilidade do tema, conferisse consistência e objetividade às formas de medida. Com base num conjunto de dezassete itens relativos aos motivos para visitar os Açores foi desenvolvida a Escala de Motivações para os Turistas Seniores (EMTS), a qual revelou boas qualidades psicométricas, designadamente de validade e de fidelidade. Os dados recolhidos por questionário (n=470 turistas que visitaram os Açores) foram analisados com recurso a diversos métodos estatísticos. O conhecimento do perfil do turista sénior, tendo em atenção as suas motivações, ajudará os agentes locais dos setores público e privado a adequarem a sua oferta turística.

Palavras-chave: Açores, escala de motivações, motivos para viajar, turismo sénior.

Referência: Silva, O., Medeiros, T., Moniz, A., Tomás, L., Vieira, V., Furtado, S., Santos, C., & Ferreira, J. (2018). Escala de Motivações dos Turistas Seniores. In Proceedings of the 25th APDR Congress: Circular Economy, Urban Metabolism and Regional Development: Challenges for a Sustainable Future (pp. 372-378). Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Regional/Universidade dos Açores. http://apdr.pt/data/documents/PROCEEDINGS_APDRCongress2018.pdf

Clique em Escala de Motivações dos Turistas Seniores para aceder diretamente à publicação.

II Congresso Iberoamericano de Turismo y Responsabilidad Social

A equipa do projeto TuSénior 55+ participou no II Congresso Iberoamericano de Turismo y Responsabilidad Social, que teve lugar em Espanha, nos dias 22 e 23 de outubro de 2018, com a comunicação intitulada “Motivações e atividades dos turistas seniores: Desafio da sustentabilidade em ilhas”, da autoria de Teresa Medeiros, Ana Moniz, Licínio Tomás, Osvaldo Silva, Sheila Furtado, Virgílio Vieira, Carlos Santos e Joaquim Ferreira.

 

Referência bibliográfica:

Medeiros, T., Moniz, A. I., Tomás, L., Silva, O., Furtado, S., Vieira, V., Santos C., & Ferreira, J. (2018). Motivações e atividades dos turistas seniores: Desafio da sustentabilidade em ilhas. Comunicação apresentada no II Congresso Iberoamericano de Turismo y Responsabilidad Social, Coruña, 22-23 outubro 2018.

Página seguinte »